Top

Peso e saúde

peso-saude-img

Peso e saúde

O endocrinologista e o nutrológo são médicos que atuam no diagnóstico de deficiências hormonais e nutricionais, buscando a melhora da saúde e da longevidade das pessoas. A doutora especialista da área, Ully Alla explica que saúde não está diretamente associada ao corpo fino, muito menos à estética. “Magreza não é e nunca foi sinônimo de saúde. Na realidade, a saúde está relacionada a hábitos de vida saudáveis, atividade física, felicidade e satisfação. E é nisto que nós médicos endocrinologistas e nutrólogos focamos. O que acontece é que muitas vezes neste processo de melhora de qualidade de vida, os pacientes que estão com excesso de peso, emagrecem”, esclarece.

 

A Organização Mundial da Saúde, porém, adverte que pessoas com índice de massa corpórea acima de 25 não são saudáveis, mesmo que tenham exames dentro dos limites normais – com exceção de atletas cujo peso recai sobre a grande quantidade de massa muscular. Dr. Ully afirma que essa “normalidade” dos exames é relativa e temporária. “Sabemos que nestes casos de excesso de peso por aumento de gordura corporal, o corpo vive em estado inflamatório, num ambiente de excesso de insulina e de excesso de hormônios relacionados ao estresse. Assim, a pessoa tem maior risco de desenvolver doenças cardiovasculares e maior risco de mortalidade por todas causas”, explica. A especialista declara que é preciso alcançar o equilíbrio: nem magreza, nem excesso de peso.

 

Por isso, é preciso checar a saúde periodicamente. Ully Alla destaca a avaliação de níveis glicêmicos, do metabolismo, a resposta do corpo à glicemia, função tireoidiana, composição corporal, níveis hormonais, qualidade do sono, funcionamento intestinal, entre outras coisas. Exames estes que endocrinologistas e nutrólogos estão aptos a avaliarem.

 

Por fim, a especialista dá um recado aos jovens suscetíveis a distúrbios alimentares e/ou bullying: “temos que ser felizes acima de tudo, estarmos bem com nós mesmos e buscarmos um estilo de vida saudável, sem exageros e restrições e, principalmente sem culpas.”

 

Também publicado em:

GPS Brasília

Nenhum Comentário

Comentar