Top
 

Teste para doença celíaca

PREDISPOSIÇÃO GENÉTICA PARA A DOENÇA CELÍACA

 

A predisposição à Doença Celíaca pode ser avaliada atualmente por um exame molecular não invasivo. A utilidade clínica deste perfil genético é auxiliar o médico ou profissional de saúde a individualizar o tratamento após a avaliação clínica e constatação de suspeita de Doença Celíaca (DC). O teste genético vem complementar os testes preconizados nas diretrizes que estabelecem o padrão-ouro para o diagnóstico da DC.

 

O perfil genético associado ao desenvolvimento da Doença Celíaca está relacionado com a presença de alelos HLA de Classe II DQ2 e DQ8 no genoma do indivíduo. Observa-se, na grande maioria dos pacientes com doença celíaca, a presença da mutação em pelo menos uma destas regiões analisadas.

 

A pesquisa genética poderá auxiliar de forma específica para que a doença não avance. É preciso lembrar que a presença do glúten é necessária para o desenvolvimento da Doença Celíaca.